sexta-feira, 31 de julho de 2015

A História Oculta da Capoeira


Comentários sobre o livro The Hidden History of Capoeira: a collision of cultures in the brazilian battle dance, de Maya Talmon-Chvaicer (Austin, University of Texas Press, 2008).

Mestre Luiz Renato

"The object of this book is to reveal narratives that have been repressed and excluded from the history books and thus to present a far more intricate and detailed study of the development and meaning of capoeira than has been available previously." (p. 2)

Apenas agora me detive e li de ponta a ponta. Uma grande alegria em ver a capoeira tratada em perspectiva histórica, com a profundidade que merece. O livro de Maya Talmon-Chvaicer, The Hidden History of Capoeira: a collision of cultures in the brazilian battle dance (Austin, University of Texas Press, 2008), com acurada sensibilidade antropológica, analisa as simbologias e os seus múltiplos significados na capoeira e traça um belíssimo panorama do desenvolvimento contemporâneo de nossa arte-luta. A autora é professora no Canadá e obteve seu Ph.D. na Universidade de Haifa. Infelizmente, ainda não há tradução para o português.
A obra percorre uma impressionante bibiligrafia, para fazer uma leitura crítica e muito consistente de como se tem construído os discursos, sobretudo acadêmicos, sobre a capoeira. O livro, como promete, desvela narrativas; explora os intrincados caminhos das diversas linguagens da capoeira, para além das já muito ricas expressões do jogo corporal. Aborda os dilemas da expansão da capoeira e questões como a preservação das tradições e os caminhos e descaminhos da dicotomia Angola-Regional no cenário contemporâneo. A reflexão sobre os temas como o tempo e o espaço e o significado da malícia são realmente geniais…
Em um tempo em que ressurge, com muita intensidade, o debate sobre o futuro da nossa arte, e em que muitos apontam (com toda razão, em minha opinião) os riscos da esportivização, é sempre bom retornar aos autores que se dedicaram a estudar a capoeiragem como fenômeno rico e complexo, que não pode ser reduzido a apenas uma dimensão da nossa vida social.
"So what is capoeira? It is the game of life; the depth, wealth, and variation of the capoeira language; the Capoeiras' social and cultural legacy; their encounters, conflicts, and fusion. Take a turn around the world, comrade" (p. 179).
Fico muito feliz em, de vez em quando, dedicar algumas horas à leitura de autores que exploram esses temas clássicos no campo da nossa capoeiragem. Mais gratificante ainda é encontrar interpretações que vão além, muito além dos padrões da historiografia tradicional.

Fonte: Grupo de Estudos de História da Capoeira

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Luta Marajoara

Luta marajoara é uma luta brasileira conhecida no norte do Brasil, principalmente nas festividades dos povoados do arquipélago do Marajó . Trata-se de um combate corpo-a-corpo, que ocorre na argila para reduzir o risco de lesões, onde o objetivo do combate é manter o oponente de costas no chão.

Segundo o pedagogo Márcio Vitelli, um estudioso das tradições da região marajoara, as orígens da luta marajoara ainda são desconhecidas, mas em seu artigo Síntese das prováveis origens da luta marajoara aponta quatro hipóteses:

Tribo Aruã, extinta pelas lutas e doenças trazidas pelos primeiros colonizadores a chegarem à região;
Influência de escravos africanos;
Inspirada na luta de búfalos;
Surgiu com os amistosos confrontos entre os vaqueiros ao final de um dia de trabalho

A hipótese mais aceita seria que a inspiração vem dos búfalos, o Caboclo observou o comportamento do búfalo (animal de origem africana), e sentiu que no momento em que o búfalo vê ameaçada a sua liderança em relação ao rebanho, enfrenta o seu rival colocando cabeça com cabeça, ficando os pés no chão e tentando um derrubar o outro emaranhando os chifres; o que cair é o perdedor. Isso chama-se “marrada”, que com o passar dos anos evoluiu linguisticamente para “AGARRADA”, pois inteligentemente o caboclo, por não possuir chifres, utilizou seus braços para, na tentativa de derrubar o seu adversário, imitar os animais, colocando também cabeça com cabeça e segurarem-se nas mãos para desenvolverem um combate, que via de regra, acontecia sempre nos finais de tarde à beira dos rios, antecedendo o banho ou quando o caboclo sentia-se ameaçado na liderança perante o grupo ou em relação à sua fêmea. Este evento ocorre nas comemorações da Festividade de São Sebastião e antecede a derrubada do mastro, sempre as 09:00h da manhã do dia 20 de janeiro.

Atualmente existem as lutas marajoara tradicional e desportiva. A tradicional é a praticada nas fazendas da região e a desportiva conta com organismos que regulamentam a prática, defendem as regras e organizam campeonatos. Não existe graduação.

Fonte: Mundo Marcial

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Língua Iorubá

Civilização Iorubá
O iorubá ou ioruba (Èdè Yorùbá, "idioma iorubá") é um idioma da família linguística nigero-congolesa, e é falado ao sul do Saara, na África, dentro de um contínuo cultural-linguístico, por 22 milhões a 30 milhões de falantes.
A língua iorubá vem sido falada pelo povo iorubás há muitos séculos. Ao lado de outros idiomas, é falado na parte oeste da África, principalmente na Nigéria, Benim, Togo e Serra Leoa.
No continente americano, o iorubá também é falado, sobretudo em ritos religiosos, como os ritos afro-brasileiros, onde é chamado de nagô, e os ritos afro-cubanos de Cuba (e em menor escala, em certas partes dos Estados Unidos entre pessoas de origem cubana), onde é conhecido também por lucumí).

Para todo capoeirista pesquisador, estudioso, e por que não curioso...
Leia mais informações sobre está língua na fonte abaixo...


Fonte: Wikipédia

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Como posso Encontrar a Verdadeira Capoeira?


Mensagem Original
De: Juliana
Para: adecan@e-net.com,br
Enviada em: Sábado, 14 de Agosto de 1999, 23:03
Assunto: capoeira
Oi!! Sou estudante e capoeirista, sou apaixonada por esta arte e queria parabenizá-lo por sua página. Gosto muito da tradição da capoeira, o que está sendo muito raro encontrar ultimamente, por isso gostaria de pedir uma sugestão de como posso encontrar a verdadeira capoeira !!
Gostaria de saber sobre o que o Mestre Bimba dizia, e também se ainda é possível encontrar o disco dele.
Desde já agradeço e mais uma vez parabéns por resgatar a verdadeira capoeira ( quase chorei quando vi os manuscritos de Pastinha !).
Um abraço e Salve !
Juliana.

Leia a interessante resposta na fonte abaixo...

Fonte: Capoeira da Bahia

sexta-feira, 3 de julho de 2015

A Importância das Cadeiras no Desenvolvimento do Golpe de Vista e na Segurança do Jogo de Capoeira

Dedicado a Guanais e Lemos, que me fizeram aprender o mecanismo de perda de consciência, desmaio, pela hipertensão intracraniana por compressão das veias jugulares no colar-de-força.

Leia o restante na fonte abaixo...

Fonte: Capoeira da Bahia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...